O Capitulo Tiradentes, nº. 31, de Maçons do Real Arco do Brasil esta de luto pelo passamento para o Oriente Eterno do Comp. Past. Suo Sacerdote Walter Maciel de Figueiredo, nosso Maçom Diamante e fonte de sabedoria e inspiração.

O Irmão Walter faleceu no dia 17/08/2014 e teve as suas exéquias realizadas na Capela do Cemitério Jardim da Paz, no município da Serra, tendo o sepultamento do seu corpo ocorrido as 14:30 hs.

Iniciou nos augustos mistérios da Maçonaria no dia   03/07/1953, naARLS ADONAI, nº. 20, da jurisdição da GLMERJ.

Elevado em 04/12/1953. Exaltados em 03/04/1953. VM da ARLS CONSTÂNCIA 40, nº 56 períodos de  58/59, 59/60, 60/61  e 64/65. Filiou-se aARLSRepublicana nº. 25, como membro quotista em 15/11/83. Filiado aARLS Republicana, nº. 25, como membro do quadro efetivo, jurisdicionada aGLMEES, em 15/11/93. Ministro do  Tribunal de Justiça Maçônico da GLMEES período de 1998/1999. Adiantado nos grau deMdMe exaltado no MRA, no Capitulo José Guimarães Gonçalves, nº. 01, de maçons do Real Arco do Brasil,  em 2004. Em 2005, ingressou no Conselho Críptico Alegrete, RJ, de maçons crípticos do Brasil. Em 04/11/2006, foi agraciado com a comenda da Ordem da Trolha de Prata pelo Supremo Grande Capitulo de Maçons do Real Arco do Brasil. Em 2006, foi homenageado pela ARLS Tiradentes, nº. 65, da jurisdição da GLMEES, com o diploma de  Membro Honorário. Fundador do Capitulo Tiradentes nº. 61, de Maçons do real  Arco do Brasil. Em 2007, ingressou na Comandaria de Osório, da Ordem de Cavaleiro Templário do Brasil alcançando o Grau deKT. ( Sir Knight Walter). Em 2009, assumiu a direção dos trabalhos do Capitulo Tiradentes, nº. 31, de maçons do rito de York do Brasil  gestão 2009/2010. Membro Fundador do Conselho Capixaba nº. 32, de maçons Crípticos do Brasil. Atualmente exerce o cargo de Orador da ARLSRepublicana nº. 25, daGLMEESe Past Sumo Sacerdote do Capitulo Tiradentes, nº. 31, de maçons do Real Arco do Brasil, com100% de frequênciaas reuniões.

O Ir. Walter deixou a todos  nós um legado de dedicação, comprometimento e responsabilidade com a maçonaria e em especial com o Real Arco. Por tudo isso, rendemos graças aoGADU, pois, a postura combativa em defesa dos princípios que norteiam a ordem, dos direitos do cidadão, da família, enfim de valores que engradecem o homem foram as marcas que acompanharam o Ir. Walter Maciel de Figueiredo, na ordem maçônica.

O exemplo do Ir. Valter é um dos ideários a ser seguido pelos Companheiros do Capitulo Tiradentes, nº. 31 e quiçá do Real Arco do Brasil.

Ir. Walter estará para sempre nos corações dos Irs. do Capitulo Tiradentes, nº. 31.

Quer o Grande Arquiteto do Universo lhe conceda o justo repouso junto a sua amada Tereza.Cristina.

Capítulo Tiradentes de luto