História de Fundação Do Capítulo Tiradentes, nº. 31.

No dia 15/06/2005, realizou-se a primeira reunião com diversos IIr. Mestres de Marca do Real Arco do Brasil, no Estado, nas dependências do Templo da ARLS, Tiradentes, nº. 65, praticante do Rito de York. Participaram desta reunião(foto), os IIrs. Adão Malta Costa,Jose Carlos Morosini, Jailson Ribeiro Soares, Walter Maciel de Figueiredo, Edson Demétrio da Silva, Ademir Raimundo Fonseca de Souza, Marcelo Fabiano Pereira,Sergio Fernando Seabra Chagas, todos MRA, e pertencentes ao quadro de obreiros do Capitulo José Guimarães nº. 01, com sede na cidade do Rio de Janeiro.

Naquela oportunidade foi discutida a necessidade da instalação de um Capitulo do Real Arco, no Espirito Santo, para que os referidos irmãos pudessem desenvolver os seus conhecimentos maçônicos.

Assim estabeleceram que encontros idênticos fossem realizados duas vezes ao mês para que os irmãos efetuassem estudos regulares dos graus do Mestre de Marca, Past Master, Mui Excelente e Mestre Maçom do Real Arco, e paralelamente fosse amadurecida a ideia e os estudos de fundação de um Capitulo Capixaba do Real Arco, contribuindo para o estreitamento de laços da verdadeira fraternidade entre os maçons espírito-santenses.

Estava assim, lançada a semente para a instalação da Maçonaria Filosófica do Rito de York (Real Arco), com a fundação do Capitulo Tiradentes, nº. 31, do Real Arco do Brasil, em terras Capixabas.

Assim, os IIr, iniciaram as tratativas administrativas junto ao Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil, para obterem autorização de funcionamento do Capitulo do Real Arco, em solo espírito-santense.

Os irmãos como forma de obter conhecimentos participaram da Trienal do Real Arco no Brasil, em Curitiba, Parana. Incialmente, como assevera o Ir. Ademir, o nome escolhido do Capitulo era CAPIXABA, numa alusão aos cidadãos nascidos na Ilha de Vitória, Capital do Estado, denominados assim em razão dos indígenas que viviam naquela local quando do seu descobrimento pelos portugueses e assim chamados porque tinha a sua sobrevivência no cultivo de roças de milho, daí a denominação CAPIXABA.

Contudo, considerando o patrocínio da ARLS Tiradentes, nº. 65, os irmãos em homenagem a aludida Loja, denominaram o Capitulo de “Tiradentes”, que inicialmente receberia o numero de cadastro ”29”, mas em decorrência dos tramites regulares para a sua efetiva fundação, acabou por receber o número de cadastro “31”.

Assim, no dia 08 de dezembro de 2005 AD e 2535 AI, na cidade de Vila Velha, ES, diversos companheiros maçons regulares do Real Arco, fundaram um Capitulo denominado TIRADENTES MRA, jurisdicionado ao Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil, sediado na cidade do Rio de Janeiro, Capital, este filiado a The General Chapter of Royal Arch Masons International, USA, sendo autorizado a trabalharem Sob Dispensa (Under Dispensation), do Grande Sumo Sacerdote, tendo como fundadores os companheiros, Adão Costa Malta, José Carlos Morosini, Jailson Ribeiro Soares, Sued Peter Bastos Dyna, Gerson Luis Marques de Almeida, Sergio Fernando Seabra Chagas, Gabriel Matos de Souza, Ademir Raimundo Fonseca de Souza, Marcelo Fabiano Pereira, Walter Maciel de Figueiredo, Moises Arnastóquio Pires Vereno e Edson Demétrio da Silva. A primeira Diretoria ficou assim formada, Sumo Sacerdote; Adão Costa Malta, Rei; José Carlos Morosini, Escriba; Jailson Ribeiro Costa, e Tesoureiro Sued Peter Basto Dyna.

Assim, Capitulo Tiradentes, nº. 31 iniciou suas atividades sob o patrocínio da ARLS Tiradentes, praticante do rito de York (Emulation), jurisdicionada a Grande Loja Maçônica do Estado do Espirito Santo, tendo como local de suas reuniões o templo da ARLS Tiradentes, nº. 65, localizado na Rua Vinte e Seis, nº. 40, Bairro Jardim São Paulo, Vila Velha, ES.

Desta forma, aos 13 dias do mês de novembro de 2009, depois de decorrido 03(três) anos de trabalhos regulares, Sob Dispensa do Sumo Grande Sacerdote, o Capitulo Tiradentes, nº. 31 por merecimento foi-lhe concedido a sua Carta Constitutiva Definitiva, coroando com êxito um sonho que foi idealizado por vários companheiros, qual seja o ter um Capítulo do Real Arco funcionando regularmente em solo capixaba.


Administrações

Várias administrações contribuíram e vem contribuindo para o desenvolvimento do Capítulo Tiradentes, nº 31, MRA. A seguir nominamos as Administrações que se sucederam desde a data de sua instalação até a data atual, a saber:

2006/2010: 

Sumo Sacerdote: Adão Costa Malta, Rei: José Carlos Morosini, Escriba: Jailson Ribeiro Costa;

2010/2011

Sumo Sacerdote: Walter Maciel Figueiredo, Rei: Marcelo Fabiano Pereira, Escriba: Carlomar Silva Gomes de Almeida;

2011/2012

Sumo Sacerdote: Marcelo Fabiano Pereira, Rei: Carlomar Silva Gomes de Almeida, Escriba: Edson Demétrio da Silva;

2012/2013

Sumo Sacerdote: Carlomar Silva Gomes de Almeida, Rei: Edson Demétrio da Silva, Escriba: Ruy Meyrelles Becker

2013/2014

Sumo Sacerdote: Edson Demétrio da Silva,Rei: Ruy Meyrelles Becker e Escriba: Ademir de Oliveira Binda

2014/2015

Sumo Sacerdote: Ruy Meyrelles Becker, Rei: Ademir de Oliveira Binda e Escriba: José Carlos Batista

2015/2016

Sumo Sacerdote: Ademir de Oliveira Binda, Rei: José Carlos Batista e Escriba: Marcus Vinícius

2016/2017

Sumo Sacerdote: Marcus Vinicius, Rei: Sylvio Borges Máximo e Escriba: Jorge Henrique Valle


Agradecimentos

Agradecimentos nesta oportunidade aos Companheiros; Adão Malta Costa, Edson Demétrio da Silva e Ademir Raimundo Fonseca de Souza que contribuíram com suas lembranças e documentos, objetivando registrar os referidos momentos.